Viver Telheiras

ART questiona Câmara Municipal sobre a manutenção dos espaços verdes

/ Maio 30, 2013

Andar pelos jardins de Telheiras nos últimos meses tem sido uma experiência diferente do habitual. Ervas de metro e meio, pequenos rebentos que se fizeram arbustos em três semanas. Se, por um lado, até poderíamos celebrar a força da natureza e a diversidade de novas plantas que, nestes últimos meses, foram nascendo por aí, parece evidente ao olho de quem passa que não se trata de uma situação satisfatória. Acumulam-se os lixos às dezenas, os cocós dos cães perdem-se pelo meio das ervas altas, e no limite aumenta-se o risco de incêndio em canteiros – não seria a primeira vez que acontecia. E em alguns sítios a relva já se despediu, e agora apenas encontramos uma terra-areia pouco convidativa.

Por isso, a Associação de Residentes de Telheiras tem contactado regularmente a Câmara Municipal de Lisboa no sentido de resolver esta situação, com o balanço que aqui nos deixa:

 

1 – A ART teve conhecimento através dos seus canais próprios (Senhor Luís chefe dos jardineiros) que a EPUL tinha convocado as empresas concessionárias do tratamento dos espaços verdes de Telheiras, informando da intenção de dar por terminada a intervenção periódica nos jardins de Telheiras;

2 – A ART verificando que as zonas arbustivas e com relva da área de Telheiras estavam sem tratamento desde o final de 2012 pediu uma entrevista ao Gabinete do Senhor Vereador José Sá Fernandes; até à data não obtivemos resposta;

3 – A ART começou a receber diariamente protestos dos moradores referenciando o estado de abandono dos espaços verdes de Telheiras;

4 – A ART promoveu um contacto com o Centro de Limpeza de Telheiras tendo sido informada que estava constituída uma brigada (de Monsanto) para atender aos casos mais prementes. Esta brigada composta por dois jardineiros e uma carrinha de apoio desenvolveu alguns trabalhos em áreas próximo da ART e noutros pontos de Telheiras. A brigada da CML foi acompanhada pontualmente por um elemento do secretariado da ART;

5 – Mais recentemente (Abril) um residente de Telheiras com vários interesses na zona histórica solicitou à ART que apresentasse uma proposta de intervenção individual que contemplava a recuperação de um espaço verde confinado entre A Padaria Portuguesa e o lagar – Adega de Telheiras (antiga Quinta de S. Vicente). Posteriormente (três semanas) recebemos uma comunicação telefónica do Senhor Arquiteto Artur Moreira (responsável pelos jardins de Telheiras) indicando que via interesse na proposta, mas teria de a apresentar ao senhor vereador José Sá Fernandes;

6 – O mesmo representante do Gabinete do senhor vereador José Sá Fernandes informou a ART que no dia 15 de Junho de 2013 a CML ia lançar um concurso público internacional que incluiria a manutenção periódica dos espaços verdes de Telheiras.

Associação de Residentes de Telheiras, 30 de Maio de 2013.

/ Maio 30, 2013
  • Maria João Barroso

    É uma miséria por quem anda a passear pelos Jardins de Telheiras e ver os espaços que deveriam ser verdes e em bom estado, estarem degradados e ver ervas secas e de quase meio metro de altura, é lastimável que os responsáveis pelos espaços verdes deixem isto acontecer…eu como moradora de Telheiras há vários anos nunca vi uma coisa destas, é triste!!

    • Fatima Guimaraes

      Faço minhas as palavras da Maria João Barroso eu que vivo em Telheiras à 27 anos! Como pode a CML deixar ignorar a situação dos espaços verdes de Telheiras que, para inverter, irá acarretar gastos muito superiores à sua manutenção. É assim que se pretende reduzir as despezas? É assim que se gasta o nosso dinheiro!

Últimas

  • Fevereiro 17, 2019
    Festival

    Prazo para entrega de propostas de cartaz do Festival alargado

    No sentido de aumentar a participação dos telheirenses e considerando alguns pedidos que chegaram à organização do Festival, o prazo para entrega de propostas de cartaz foi alargado até dia 24 de Fevereiro.

  • Fevereiro 15, 2019
    Participe num mundo em Transição sem sair de Telheiras 3

    “Participe num mundo em Transição” sem sair de Telheiras

    Será uma oportunidade única de descobrir novas formas de transformar o nosso mundo e conhecer estratégias, pessoas e projectos inspiradores que já estão a fazer a diferença nas suas comunidades e a tornar a sociedade mais sustentável, equitativa e assente em relações humanas de confiança, proximidade e entreajuda.

  • Fevereiro 14, 2019
    Telheiras_bairro pioneiro na sustentabilidade

    Telheiras: bairro pioneiro na sustentabilidade

    A Parceria Local de Telheiras, rede que agrega diversas associações no bairro, dinamiza o projecto-piloto do programa Municipalities in Transition, que pretende estudar e implementar abordagens de ligação do poder local à sociedade civil na promoção da sustentabilidade.

Projectos Comunitários

Newsletter banner
GEPE-banner
  • BMOR3 Apoio UITN logo Apoio refood apoio Voluntários de Protecção Civil de Telheiras_apoio JFL APCL Logo Apoio Associação de Pais da Escola Básica e Jardim de Infância de Telheiras Apoio ETPL Apoio
  • ART_site Apoio Julgado de Paz Apoio Esquadra Apoio AJEC Apoio CNE 683 Escuteiros 2 Apoio Centro Comunitário de Telheiras Apoio
loading website

Aguarde um momento porfavor.