Viver Telheiras

O movimento do Telheiras em Movimento

Olho Vivo / Setembro 24, 2015

Telheiras em Movimento. Este é o nome que Telheiras decidiu dar à celebração anual, que se faz aqui no bairro, da Semana Europeia da Mobilidade.

Pela cidade e pela Europa fora acumularam-se eventos de sensibilização, workshops, palestras, experimentações. Em Telheiras, algumas estradas principais foram fechadas ao trânsito durante a tarde, num dia especial, raro e custoso de repetir, e por isso valioso.

Mas é importante sublinhar, ou relembrar, que a mobilidade, em si mesma, não é uma coisa separada do resto do dia-a-dia e do ordenamento da cidade. As estradas, espaços normalmente de velocidade e risco (“cuidado com a estrada!”), acolheram crianças, jovens e graúdos a saborear um pouco de temperos pouco habituais. Os mais jovens saltaram para o insuflável, os curiosos experimentaram as bicicletas, triciclos, ou o boccia, os aventureiros embalaram nos carrinhos de rolamentos, os cuidadosos mediram a tensão e outros que tais, os desportistas dançaram o zumba, e por aí fora. Actividades não faltaram e havia espaço aberto, livre, para o que desse e viesse.

Esta chamada de atenção para a mobilidade tem sobretudo a ver com estilos de vida, hábitos, valores, maneiras de viver.

E em Telheiras, enquanto todos os dias giram as rodas, há uma semente já enraizada e cada vez mais profunda. A Parceria Local que começou há 2 anos e meio tem sido responsável por uma dinâmica comunitária extraordinária. E é um trabalho que, para a maioria, passa despercebido, mas que tem sido persistente, competente, e muito presente e necessário. Momentos como o deste último Sábado preparam-se ao longo de dezenas de encontros, conversas, sonhos, negociações, lanches, compromissos entre instituições e cidadãos que, de livre vontade, decidem que mais vale colaborar do que viver isoladamente, que mais vale fazer algo que nada fazer. Tanto porque o bem comum ganha, mas também porque cada um também sai vitorioso deste jogo.

E é por isso que “Telheiras em Movimento” é mais que o nome que se dá a um sábado por ano. É o nome deste momentum que transpira um estilo de vida que muitos desejam e que está à mercê de qualquer um, aqui e agora. Não é à borla, claro. É preciso acreditar e esforçar, e é preciso regar a semente. E o momento actual é de seca, é certo.

O tema de Semana Europeia da Mobilidade deste ano era “Escolhe. Muda. Combina”. Os bairros também são as mudanças que escolhemos para eles. E, no final das contas, quem prefere um mar de carros ao sorriso das crianças à solta?

Filipe Matos é morador de Telheiras há 28 anos. A investigação e o activismo cruzam-se no seu percurso de investigação no Centro de Estudos Geográficos de Universidade de Lisboa. No seu projecto de doutoramento actual, tornou-se co-fundador do Centro de Convergência de Telheiras. Seguindo a tradição geográfica, esforça-se por manter uma visão de conjunto sobre o que se vai passando no nosso bairro.

Olho Vivo / Setembro 24, 2015

Últimas

Projectos Comunitários

Newsletter banner
GEPE-banner
BN_NWLT_LX•CONNECT
  • ART_site Apoio ETPL Apoio Centro Comunitário de Telheiras Apoio Associação de Pais da Escola Básica e Jardim de Infância de Telheiras Apoio Esquadra Apoio APCL Logo Apoio JFL CNE 683 Escuteiros 2 Apoio
  • Voluntários de Protecção Civil de Telheiras_apoio BMOR3 Apoio AJEC Apoio UITN logo Apoio refood apoio Julgado de Paz Apoio
loading website

Aguarde um momento porfavor.