Viver Telheiras

O que é que estás a fazer aqui?

De Telheiras para o Mundo / Outubro 29, 2015

Cinco meses em Lisboa e acho que foi do tempo que mais rápido correu na minha vida. E já conhecemos o dito de tudo o que corre com rapidez…

Todas as pessoas perguntam de onde sou e que faço aqui. Por isso vou partilhar o que é ser voluntária europeia.

O Serviço de Voluntário Europeu (SVE) é uma experiência de aprendizagem na área da educação não formal, em que jovens voluntários melhoram ou adquirem competências para o seu desenvolvimento pessoal, educacional e profissional. Os voluntários/as partem para um país diferente do seu país de residência. Esta atividade não é remunerada, não tem fins lucrativos e é em tempo integral durante um determinado período de benefício da comunidade. Para poder participar temos que ter entre 17 e 30 anos (eu cheguei mesmo no limite) e ter residência legal no país da organização de envio. O que o SVE oferece ao voluntário é: viagem de ida e volta (de acordo com um sistema de quilometragem) para o local onde desenvolve o projeto de voluntariado; alojamento e alimentação; transportes do local de residência ao local de voluntariado; dinheiro de bolso; formação na língua do país de acolhimento e seguro de saúde. A duração do SVE é entre 6 e 12 meses (dependendo do projeto).

Além disso, o que sobretudo proporciona o SVE é uma grande experiência pessoal que recomendo a todos os jovens. Conhecer a cultura doutro pais a nível laboral/profissional, a sua gente, idioma, comida… mas não só o do país de acolhimento, mas também conhecer a cultura de muitos mais países já que esta experiência é partilhada com muitos outros voluntários, o que enriquece ainda mais este serviço.

No meu apartamento somos agora mesmo oito pessoas (mas chegamos a ser 9), de diferentes países, dois de Itália, uma da Bulgária, dois da Polónia e três de Espanha (e a nona que até há pouco estava connosco era da Estónia)… O que às vezes pode ser difícil, já que só temos duas casas de banho, uma cozinha onde o máximo que permitiria por metros seria quatro pessoas, e um salão com um sofá para três pessoas e mais dois individuais… Apesar de ser uma infraestrutura se calhar um pouco má, o que faz com que a convivência seja o melhor são as pessoas que dela fazem parte. Estar longe da tua família e amizades pode ser muito complicado, mas no meu apartamento eu sinto que todos criámos já a nossa própria família, a família Anjos, como assim nos chamamos. Chegar a casa e poder partilhar o dia, abraços, sorrisos… faz parte já da minha experiência como voluntária.

Para quem quiser mais informação sobre como fazer parte deste projeto ou do seu funcionamento carregar aqui

Sonia Nogueira

 

María é uma jovem do norte de Espanha que colabora com  o Centro de Convergência de Telheiras através do Serviço de Voluntariado Europeu. Galega e de coração transatlântico, é educadora social, curiosa e viajante. Depois de morar um ano em Lisboa, cidade que a fez “alfacinha”, passou a trabalhar em diferentes entidades sociais e educativas da Galiza para finalmente voltar a terras lusas através do Serviço de Voluntariado Europeu.

A Sonia é pedagoga e educadora social, natural da Galiza, amante de cães, da praia, de viajar e descobrir o mundo lá fora. Tem trabalhado durante vários anos na área social e agora vem experimentar a realidade lisboeta. É a menina mais sorridente que vão encontrar em Telheiras a conversar com qualquer pessoa!

“De Telheiras para o mundo” é um conjunto de crónicas sobre as suas vivências e reflexões inspiradas no bairro de Telheiras e na cidade de Lisboa.

De Telheiras para o Mundo / Outubro 29, 2015

Últimas

Projectos Comunitários

Newsletter banner
GEPE-banner
BN_NWLT_LX•CONNECT
  • refood apoio ETPL Apoio APCL Logo Apoio ART_site Apoio Centro Comunitário de Telheiras Apoio BMOR3 Apoio Esquadra Apoio CNE 683 Escuteiros 2 Apoio
  • Julgado de Paz Apoio JFL Associação de Pais da Escola Básica e Jardim de Infância de Telheiras Apoio Voluntários de Protecção Civil de Telheiras_apoio AJEC Apoio UITN logo Apoio
loading website

Aguarde um momento porfavor.