Viver Telheiras

Os puxões que arruínam um bom passeio

Cães, gatos e outros factos / Março 13, 2015

Ter um cão tem muitas vantagens. Uma delas é que ganhamos imensa força no braço que leva a trela, de tantos puxões que o cão nos dá… Porque fazem eles isso? Vamos pôr-nos no lugar deles. Se eu fosse um cão, porque razão puxaria a trela?

A primeira razão é fácil:

Porque quero avançar. Avançar para me aliviar, para cheirar, para correr, para cumprimentar quem passa, para ir brincar… para explorar o mundo!

A segunda razão não é tão intuitiva para quem está do outro lado da trela:

Porque quando puxo a trela, avanço! Era mesmo isto que queria e consegui! Porque hei-de fazer de outra maneira?

Ou seja, porque funciona. É simples! Não vale a pena ficarmos revoltados com a ideia de que o cão não nos respeita, ou que não se importa connosco. Nada disso. Infelizmente, os hábitos que se criam no nosso dia-a-dia pouco têm a ver com intenções ou empatias. Fazemos muita coisa só porque sim, porque funciona. E os cães também são animais de hábitos. Além disso, não serve de muito ralhar com eles, se 90% das vezes que puxam os deixamos avançar na mesma.

As duas primeiras razões são mais do que suficientes, mas fica mais uma razão curiosa:

Porque com a trela tensa sei que o meu dono está a acompanhar-me. Não preciso de estar sempre a olhar para saber dele e, ao invés, posso ir focado no que me rodeia.

Convido-o a pensar em todas as vezes que passeou o seu cão e o deixou avançar quando ele puxou a trela (ou no caso de não ter cão, pense na quantidade de vezes que viu isto a acontecer na rua com os seus vizinhos). Milhares de vezes! Só em cada passeio contamos dezenas não? Então quando são cachorrinhos parece imperativo, queremos que o nosso cachorro explore tudo e, para isso, deixamo-lo puxar para ir onde quer.

Torna-se então óbvio para o cão: Para passear é preciso puxar a trela. E se não resultar à primeira, o mais certo é resultar se puxar com mais força! Há cães que nem conseguem estar parados sem ter a trela tensa! Ficam com o corpo todo inclinado para o lado só para sentir a trela tensa, tão certos que estão que é assim que se faz.

A solução para que o cão deixe de puxar a trela é fazer com que ele desaprenda tudo o que aprendeu sobre puxar e reaprenda a forma correcta de andar de trela. A primeira mudança é: Se o cão nos puxar não o deixamos avançar. Nada de castigos, gritos ou puxões. Simplesmente paramos e não arredamos pé enquanto a trela estiver tensa. Só avançamos quando a trela estiver laça.

Bem, já o imagino a pensar: “Mas assim tenho que parar a cada passo que dou!” Pois, quando o cão está muito entusiasmado ou já adquiriu o hábito errado, devemos ajudar com outra coisa: Reforçar o cão enquanto está a andar com a trela laça (com biscoitos por exemplo). Desta forma, o cão aprende que, não só chega onde quer chegar, como é agradável andar ao nosso ritmo e ficar atento a nós!

É um trabalho que demora o seu tempo e exige muita repetição. Mas é tão agradável passear bem acompanhado que vale a pena o esforço e dedicação!

 

????????????????

Além da Trela tem como missão promover uma relação excelente entre donos e os seus cães, com base na confiança, respeito e alegria, através de técnicas positivas de aprendizagem.

 

Cães, gatos e outros factos / Março 13, 2015

Últimas

Projectos Comunitários

Newsletter banner
GEPE-banner
BN_NWLT_LX•CONNECT
  • Centro Comunitário de Telheiras Apoio Julgado de Paz Apoio ART_site Apoio AJEC Apoio refood apoio CNE 683 Escuteiros 2 Apoio JFL Voluntários de Protecção Civil de Telheiras_apoio
  • ETPL Apoio UITN logo Apoio Associação de Pais da Escola Básica e Jardim de Infância de Telheiras Apoio APCL Logo Apoio Esquadra Apoio BMOR3 Apoio
loading website

Aguarde um momento porfavor.