Viver Telheiras

PQ. APCL: um Espaço para integrar

/ Novembro 26, 2015

Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa é membro da Parceria Local de Telheiras. Durante duas semanas, está em destaque no Viver Telheiras. É o Parceiro da Quinzena. Conheça o bairro e as pessoas que lhe dão vida!

O edifício é discreto e quase vira costas ao bairro. Mas é mesmo só o edifício. O Espaço 7 Ofícios sorri a quem lá entra. No jornal de parede, à entrada, lêem-se as histórias que fazem os dias de quem passa por ali. Uma viagem aos Açores, as aventuras de dança pelo mundo da Companhia Integrada Multidisciplinar, e muito mais havia para contar.

Espaço 7 Ofícios é um dos equipamentos da Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa. Nasceu em 1992 para dar resposta à vertente laboral das pessoas com deficiência. Às que é possível integrar no mercado de trabalho, capacitá-las de ferramentas. Às outras, ocupá-las com tarefas que tenham produtividade.

São 35 formandos e 25 utentes do centro de actividades ocupacionais num espaço que dizem ser pequeno demais. Todos os dias passam por ali 70 pessoas. A trabalhar, a almoçar, a estudar.

Mas aqui não falta alegria. A montagem de bucins no centro de actividades ocupacionais é um acontecimento. Chegam em peças soltas. Saem montados, prontos para voltar para a fábrica. E são um “sucesso”, conta Cláudia Figueiredo, coordenadora do Espaço 7 Ofícios. A empresa com quem foi estabelecido o protocolo garante que ali estão os trabalhadores mais cumpridores. E o segredo do sucesso está no trabalho em equipa. “Ajudam-se muito uns aos outros”, diz Cláudia.

Mas não é só de bucins que os dias são feitos. Longe disso. Durante toda a semana, contam-se ateliers de expressão plástica, música e cozinha. Até há uma horta comunitária para cuidar. E claro, a quinta-feira é dia de saída sociocultural.

Formar para integrar

Ao mesmo tempo, aquele também é um lugar de estudo. São 35 os formandos do curso de assistente administrativo. Um curso com a duração de 3600 horas e que dá equivalência ao 9º ano.

Linguagem e Comunicação, Cidadania e Empregabilidade, Tecnologias da Informação e Comunicação  são apenas algumas das disciplinas . O objectivo é capacitar as pessoas com deficiência com ferramentas para o mercado de trabalho.

A formação é feita em duas fases. A primeira, em sala de aula com componentes teóricas e práticas. A segunda, em contexto de trabalho: o estágio.

Esta última fase visa proporcionar uma experiência real em contexto de trabalho para assim melhorar as competências de cada formando no domínio dos saberes fazer, ser e estar. É a etapa “mais complicada” de concretizar, conta Jorge Costa, o coordenador da formação profissional. Especialmente em tempo de crise. “Há um factor de desconfiança em relação ao futuro”, explica Jorge. E sempre “medo de se perder tempo”. Mas a ideia é também sensibilizar as entidades.

A Parceria que faz pontes

E o equipamento não é uma ilha. O Espaço 7 Ofícios integra a Parceria Local desde o início, há mais de dois anos. Cláudia Figueiredo só conta vantagens. A “integração na comunidade, a visibilidade, a interacção com outras entidades, a participação em eventos de rua, e a aproximação à Junta de Freguesia do Lumiar”.

Tudo para concretizar sempre e mais o objectivo a que se propõe: apoiar a construção e a concretização do projecto de vida de quem passa por ali, visando sempre que possível a sua inclusão na vida activa.

/ Novembro 26, 2015

Últimas

  • Novembro 23, 2017
    Colégio Mira Rio

    Colégio Mira Rio abre as portas a Telheiras

    O “novo” Mira Rio apresenta valências para alunos e alunas dos 4 meses até ao 12º ano. A sala multiusos estará disponível para ser utilizada pela comunidade telheirense para eventos culturais, palestras, conferências, reuniões ou outras actividades semelhantes.

  • Novembro 22, 2017
    teatroàparte celebra 20 anos com fim-de-semana de curtas

    teatroàparte celebra 20 anos com fim-de-semana de curtas

    No próximo fim-de-semana o teatroàparte leva a cena 12 curtas encenadas por vários dos encenadores que já passaram pelo grupo, com a participação de actores que deram vida aos palcos do nosso bairro ao longo destas duas décadas.

  • Novembro 17, 2017
    Melhorias nas ruas de Telheiras em votação no Orçamento Participativo

    Melhorias nas ruas de Telheiras em votação no Orçamento Participativo

    Os cidadãos podem votar enviando um sms grátis com o número do projecto escolhido para o 4310, ou através do site Lisboa Participa.

Projectos Comunitários

Newsletter banner
GEPE-banner
  • AJEC Apoio Associação de Pais da Escola Básica e Jardim de Infância de Telheiras Apoio ETPL Apoio Centro Comunitário de Telheiras Apoio CNE 683 Escuteiros 2 Apoio refood apoio Esquadra Apoio ART_site Apoio
  • Voluntários de Protecção Civil de Telheiras_apoio Julgado de Paz Apoio UITN logo Apoio JFL BMOR3 Apoio APCL Logo Apoio
loading website

Aguarde um momento porfavor.