Viver Telheiras

Princípios subjacentes à organização das nações

Problemas e Oportunidades / Março 21, 2014

Num Estado moderno com as suas múltiplas funções e intervenções não podem estar ausentes das preocupações dos seus dirigentes certos princípios e certas realidades que são a base do sucesso das nações e são a base do seu desenvolvimento.

  1. Igualdade de oportunidades e redução da pobreza e exclusão social.
  2. Igualdade perante a Lei e arbitragem urgente dos conflitos.
  3. Valorização do mérito do desempenho em todas as actividades.
  4. A actividade económica que é a base material do Estado e da vida social tem de ser auto sustentável e assegurar um lucro justo.
  5. Os recursos humanos são o maior activo e maior riqueza da nação.

Mas há que ter em conta que a qualidade e o desempenho das pessoas e das instituições em que se organizam podem ser positivos e negativos como se pode bem observar na realidade presente. Assim dum modo simplificado tentando enquadrar uma realidade bastante complexa em quatro quadrantes:

Quadrante I: as pessoas e instituições, em todos os campos da actividade, que pelo seu desempenho dão um contributo positivo de âmbito sectorial. O somatório de todos estes desempenhos constituem um forte activo nacional.

Quadrante II: as pessoas e instituições, em todos os campos da actividade, que pelo seu desempenho dão um contributo fortemente positivo de âmbito nacional ou até internacional. Estes contributos são um grande activo nacional.

Quadrante III: as pessoas e instituições, em todos os campos da actividade que pelo seu desempenho dão um contributo negativo de âmbito sectorial. O somatório destes contributos negativos constituem um passivo nacional.

Quadrante IV: as pessoas em todos os campos da actividade que vivem à margem da Lei, desempenhando actividades de corrupção, crime, produzindo um forte efeito negativo e um passivo nacional que impede o desenvolvimento.

Para o sucesso de um estado democrático, em evolução permanente para maior justiça, qualidade de vida e prosperidade da sua população há que ter presente estes princípios básicos e promover os quadrantes I e II e motivar para melhoria o quadrante III e actuar coercivamente sobre o quadrante IV sem hesitações.

Pedro Lagido

Problemas e Oportunidades / Março 21, 2014

Últimas

  • Fevereiro 15, 2019
    Participe num mundo em Transição sem sair de Telheiras 3

    “Participe num mundo em Transição” sem sair de Telheiras

    Será uma oportunidade única de descobrir novas formas de transformar o nosso mundo e conhecer estratégias, pessoas e projectos inspiradores que já estão a fazer a diferença nas suas comunidades e a tornar a sociedade mais sustentável, equitativa e assente em relações humanas de confiança, proximidade e entreajuda.

  • Fevereiro 14, 2019
    Telheiras_bairro pioneiro na sustentabilidade

    Telheiras: bairro pioneiro na sustentabilidade

    A Parceria Local de Telheiras, rede que agrega diversas associações no bairro, dinamiza o projecto-piloto do programa Municipalities in Transition, que pretende estudar e implementar abordagens de ligação do poder local à sociedade civil na promoção da sustentabilidade.

  • Fevereiro 11, 2019
    Telheiras Art Fest #1 capa

    Telheiras ART FEST traz música (e não só) à Biblioteca durante 3 dias

    De 14 a 16 de Fevereiro, a Biblioteca recebe novos nomes da música portuguesa, do jazz nacional e da música do mundo, sempre às 21:30.

Projectos Comunitários

Newsletter banner
GEPE-banner
  • Voluntários de Protecção Civil de Telheiras_apoio Julgado de Paz Apoio ART_site Apoio BMOR3 Apoio APCL Logo Apoio Associação de Pais da Escola Básica e Jardim de Infância de Telheiras Apoio AJEC Apoio ETPL Apoio
  • JFL Centro Comunitário de Telheiras Apoio UITN logo Apoio refood apoio CNE 683 Escuteiros 2 Apoio Esquadra Apoio
loading website

Aguarde um momento porfavor.