Viver Telheiras

Telheiras Art Fest está de regresso nos dias 14, 15 e 16 de Novembro

/ Novembro 11, 2019

A 3ª edição do Telheiras Art Fest terá lugar já esta semana, no auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro.

Tal como nas edições anteriores, o evento vem contar músicas de uma maneira diferente, como histórias de encantar, em permanente mutação. Como que inventadas segundo a segundo, vão passando no tempo e a cada segundo volvente mostram que a Arte no seu global é uma criatura viva, mutante e emocionante. Assim, a cada nota ouvida, há uma cor e um sentimento que no seu todo divaga por um edifício setecentista, transformando estas noites numa verdadeira “caça-ao-tesouro”.

No Telheiras Art Fest poderá encontrar projectos emergentes, grande parte deles desconhecidos do grande público, que ali são descobertos a cru e sem qualquer tipo de salvaguarda para quem os ouve. Assim como ter a oportunidade de abraçar quem já é mais assíduo em festivais e salas portuguesas, mas que ali vestem outra roupa, como um manto que reconstrói tudo o que conhecemos e renova a ligação existente com os temas já amantizados pelo público.

Para esta edição, o programa conta com cinco propostas a não perder:

 

14 de Novembro
Bilhete: 5€

21:30 NU
Canções que pertencem ao jazz, aos blues, ao soul e a tantos outros lugares de inspiração. Uma voz, uma guitarra e um punhado de canções despidas de tudo o que não é indispensável. Surpreendam-se perante esta nudez e deixem-se contagiar pela emoção com que vos queremos cativar. NU, uma viagem ao mundo das canções…

22:30 Vertigem
Os Vertigem trazem para o palco músicas originais cantadas em português num ambiente místico que conjuga world music com sonoridades modernas. Já tocaram em diversos espaços como o Teatro do Bairro, Teatro Esfera, Livraria Ler Devagar, Festival Aqui ao Lado, entre outros. Actualmente estão agravar o primeiro álbum com a editora BeatCells.

 

15 de Novembro
Bilhete: 5€

21:30 Filipe Keil
Cantor, Compositor, Letrista, Produtor Musical e Arquitecto português. O piano foi o primeiro instrumento que o cativou. Aos quatro anos já tocava algumas músicas de ouvido. Aos 15 anos escreveu a sua primeira canção ‘Só Quero Um Mundo Melhor’ com a qual concorreu ao Festival da Canção Junior RTP. Em 2013, já com 21 anos, participou no Factor X na SIC com o seu primeiro single Kind of Funny. Compôs o seu primeiro trabalho a solo em 2014, o EP Keil. Em 2019 é seleccionado para fazer parte do RTP – Festival da Canção com o tema de sua autoria HOJE. Neste concerto vai mostrar-nos que é mais do que é o seu repertório: EletroPop.

22:30 mema

Nasceu em Aveiro em 1991 e foi entre esta cidade e Ílhavo, onde cresceu, que descobriu a música e a tornou parte de si. Em 2006 entra para o Conservatório de Música Calouste Gulbenkian em Aveiro, para aprofundar os seus estudos de guitarra e técnica vocal. Por esta altura começou a compor a solo e daí a gravar e actuar quer em Aveiro quer em Lisboa, onde viveu dois anos. Mais recentemente, em Berlim, fez parte do colectivo de produtores de electrónica ”Strength in Numbers” (2016), onde iniciou a sua jornada como mema. . Já em Dublin (2016 – 2019), colaborou com artistas locais e noutros projectos europeus. Em 2018, o sentimento de desenraizamento tornou-se realidade e abraçando o norte como sendo seu, começa a explorar sonoridades tradicionais, resultando numa indie electrónica de tons pop / folk cinematográficos e sabor a sal. O seu primeiro single ”O Devedor”, escrito e produzido pela própria, tem data prevista de lançamento para este ano e promete algo de inovador no panorama nacional.produtora, compositora, guitarrista e cantora.

 

16 de Novembro
Bilhete: 10€

21:30 Valter Lobo

Valter Lobo é um cantautor do Porto que se deu a conhecer com um conjunto de canções que integram o EP “Inverno” em 2012. Depois de assegurar a primeira parte de Scott Matthew no CCB – Centro Cultural de Belém e Casa da Música – no âmbito do Misty Fest -, editou o primeiro longa duração em 2016. “Mediterrâneo” foi enriquecida pelos ambientes criados pela guitarra atmosférica de Jorge Moura e pelos sopros de Tiago Borges, pelo baixo de Carl Zinnemann e pelas percussões de Pedro Bessa que assumiu também a produção do álbum. A entrega e a pujança da voz deste cantautor torna as prestações ao vivo num momento intenso e de grande proximidades com o público. Integrado no programa do Telheiras ART FEST, Valter Lobo apresenta-se finalmente em Lisboa em nome próprio e no formato voz e guitarra.

 

O Telheiras Art Fest é uma co-produção da Junta Freguesia do Lumiar, da Parada Produções, da Baguera Brand e d’A Minha Agência.

Telheiras Art Fest #3 cartaz
/ Novembro 11, 2019

Últimas

Projectos Comunitários

Newsletter banner
GEPE-banner
BN_NWLT_LX•CONNECT
  • Associação de Pais da Escola Básica e Jardim de Infância de Telheiras Apoio ETPL Apoio Julgado de Paz Apoio AJEC Apoio APCL Logo Apoio JFL Centro Comunitário de Telheiras Apoio ART_site Apoio
  • UITN logo Apoio refood apoio CNE 683 Escuteiros 2 Apoio Esquadra Apoio BMOR3 Apoio Voluntários de Protecção Civil de Telheiras_apoio
loading website

Aguarde um momento porfavor.